Dermatite

A barba, assim como o cabelo, precisa de cuidados para manter-se saudável e bonita. Um dos problemas que homens barbudos enfrentam são as dermatites faciais que trazem desconforto e constrangimento com alergias, irritações na pele, coceiras e caspa. Assim como no couro cabeludo, nos cílios e nas sobrancelhas, esse resíduo (CASPA) incomoda por deixar uma aparência indesejada. A dermatite não está associada à falta de higiene em muitos casos, mas por motivos como: PREDISPOSIÇÃO GENÉTICA; PELE SECA e DESIDRATAÇÃO DOS PELOS.

A Predisposição Genética consiste na insinuação de fatores genéticos do indivíduo. Não há uma comprovação científica que afirme que aquele indivíduo terá propensão a desenvolver caspa, mas  estudos levam a crer que este seja um dos fatores que mais explicam a ocorrência da dermatite. Para quem tem a predisposição ao desenvolvimento da patologia, a caspa pode ser mais intensa, dependendo do estado emocional do indivíduo. Em alguns casos, a caspa é a consequência de uma fase de stress ou ataque de nervos. Se este for o caso, a dermatite pode tomar tamanha proporção obrigando o indivíduo a raspar a barba para poder tratar a pele.

A pele seca ou ressecada costuma descamar com mais facilidade, e se há excesso de pelos na região, é quase impossível que a caspa não apareça. Para isso ser evitado, hidratar bem a pele é fundamental. Há produtos próprios para cada tipo de pele, como sabonetes, xampus, óleos para a barba e balms para os pelos (que ajudam na hidratação dos fios).

A desidratação dos pelos é o terceiro motivo para que a caspa apareça. Por eles serem mais grossos e secos, diferentes dos fios de cabelo, a hidratação precisa ser redobrada para prevenção da dermatite.

Especialistas no assunto indicam fazer uma esfoliação na pele, pelo menos, duas vezes por semana. A esfoliação remove as células mortas e previne pelos encravados. Lavar a barba após as refeições também é essencial. A limpeza da pele evita que restos de alimentos que podem ter caído se alojem nos fios sem que você perceba. Nunca deixe a barba molhada e úmida. Isso pode facilitar e promover a proliferação de fungos e bactérias.

Para evitar a dermatite (CASPA) use xampus e óleos específicos para a barba. Se você tem problemas já diagnosticados de pele, procure sempre usar a medicação indicada e o tratamento adequado dado a você. Uma dica importante: evite o xampu de cabelo na barba, pois geralmente o couro cabeludo é mais oleoso e os produtos são mais fortes. Isso pode ajudar no ressecamento dos fios.

Procure um dermatologista que possa orientar sobre a patologia e o tratamento correto para o seu tipo de pele. Faça a higiene correta e a hidratação da sua pele e fios. Isso vai te deixar mais bonito e sua barba mais charmosa!

 

( Fonte de algumas informações: Blog Barba Brava)

 

Compartilhe este conteúdo: